ALUNOS DA UNIMEP RELATAM QUE TIVERAM “DADOS HACKEADOS” POR E-MAIL

Read Time2 Minutes, 30 Seconds

Na noite de ontem, 25, alunos e ex alunos da Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba) foram surpreendidos ao receberam em seus e-mails particulares mensagens com conteúdos que sugerem extorsão. O hacker, denominado como ‘Luis Inácio’ informa o nome e o CPF da pessoa e alega ter acesso a cartões de crédito, fotos salvas na galeria, além de câmera e microfone dos aparelhos e ameaça expor os conteúdos caso não haja o pagamento no valor de R$ 550 para um endereço Bitcoin informado pelo hacker.

A aluna de Designer Gráfico, Letícia Ortolani, esta entre os alunos que tiveram o endereço hackeado. “Quem me avisou sobre isso foi um amigo da faculdade, no momento eu pensei que fosse só com ele, mas logo a minha sala estava falando sobre ter recebido o e-mail também, quando chequei minha caixa de e-mail tinha recebido já duas vezes a mesma mensagem com meu nome e CPF”, relatou Letícia ao informar ainda, que algumas pessoas receberam esse e-mail em inglês e que é as ameaças são padronizadas.

Em nota, a Unimep informou que os dados dos estudantes estão “totalmente seguros e que em nenhum momento houve invasão de hackers nos sistemas utilizados na instituição”. e ressaltou que, além de constantemente verificados, “os servidores utilizados na universidade estão em ambiente de nuvem protegido por Firewall, Proxy, antivírus com mais de uma camada de proteção e em Datacenter de empresa renomada”.

A nota reforça também que “o que ocorreu nessa última segunda-feira, 26, foi o envio de e-mail aos contatos de distintas pessoas, dentre as quais estudantes da Unimep e de outras instituições de ensino, de mensagem com vírus que há alguns meses circula entre usuários ao redor do mundo, e em diferentes idiomas. Portanto, trata-se de malware (programa malicioso) com conteúdo fraudulento, enviado com o intuito de captar dados de pessoas em geral, para fins de extorsão dos que desconhecem as especificidades técnicas da web”, informa.

Além disso, a assessoria da Unimep destacou que “conforme informado pela equipe de Tecnologia da Informação, que nenhum contato ou dado de nossas bases foram vazados ou cedidos a terceiros e não tivemos nosso banco de dados invadido por alguma ação de crime cibernético”. E completa: “Como forma protetiva e cautelosa, nosso setor de Tecnologia da Informação bloqueou o endereço de e-mail do qual partiram as mensagens e a Instituição registrará Boletim de Ocorrência Policial. Além disso, conforme regularmente comunicado aos alunos e comunidade em geral, a orientação é que todos os que porventura tenham recebido ou recebam tal e-mail desconsiderem totalmente a mensagem e não sigam as instruções e nem acessem, de forma alguma, qualquer link que a mensagem contenha. Também é recomendado a alteração de senhas de e-mails e de redes sociais regularmente”.

FONTE: JORNAL DE PIRACICABA

0 0

Deixe uma resposta

Close