Prefeitura decreta estado de emergência após ataque de hackers

Read Time1 Minute, 13 Seconds

O sistema operacional de administração da Prefeitura de Barrinhas (interior de São Paulo) foi invadido por hackers que criptografaram os dados administrativos, financeiros e contábeis e deixaram uma mensagem exigindo o pagamento de resgate em bitcoin para liberar os arquivos.

A Prefeitura registrou um boletim de ocorrência e a polícia investiga o caso. Enquanto isso, mais de 1 mil servidores sofrerão com os salários atrasados, uma vez que estão suspensos os serviços contábeis, financeiros, administrativos, tributários, emissões de nota fiscal eletrônica, certidões e alvarás, como também do departamento de recursos humanos.

Para evitar novas invasões, a prefeita Maria Emília Marcari assinou o decreto nº 33/2019, que exige que seja implantado um sistema de backup diário, ou seja, uma cópia de segurança dos dados digitais diariamente.

Milhares de empresas, públicas e privadas, têm sido afetadas por esse tipo de invasão que é chamada de ransomware e se torna cada vez mais comum. Não é à toa que o Brasil é o segundo país no mundo que mais sofre com esse tipo de ataque, segundo uma pesquisa da Smart Protection Network.

Como se proteger contra a ameaça

– Ter os backups atualizados diariamente;

– Manter os backups desconectados, já que alguns ataques podem criptografá-los;

– Ter sempre mais de uma cópia de segurança;

– Contar com softwares de proteção.

FONTE: Veja

0 0

Deixe uma resposta

Close