Mercado Bitcoin: Hackers se utilizam de Sites Governamentais para atrais clientes a empresas Criminosas

Read Time2 Minutes, 20 Seconds

O governo brasileiro acaba de mudar as indexações por possíveis invasões de hacker envolvidos em especulações do mercado bitcoin. Inicialmente os golpes seriam aplicados nos sites de confiança para atrair possíveis enganados.

A apuração foi feita envolvendo sites do governo federal que envolvem educação, organizações militares e fins civis.

Ação de resposta

O esquema foi notado como aplicações de notícias falsas que atraíam pessoas. Ainda mais, pela possível facilidade de retorno financeiro.

As entidades que foram invadidas rapidamente planejaram um plano de ação para reforçar a segurança dos sites invadidos.

A mudança foi nos indexadores, que são os endereços web dos mecanismos de busca, os sites ficaram:.gov.br,.mil.br,.edu.br.

Bem como os sites estavam com uma segurança frágil, que foi facilmente burlada pelos hackers.

Que conseguiram espalhar dezenas de notícias falsas sobre o mercado bitcoin em poucos minutos.

As postagens envolviam o tema de mineração bitcoin em nuvem, o que causou o maior estranhamento foi a segurança de sites que envolvem órgãos de domínio federal terem uma segurança praticamente nula.

Surpresa no governo e do mercado Bitcoin

Posteriormente a maior dificuldade em encontrar os responsáveis pela invasão hacker é obviamente à falta de pistas.

Os criminosos colocaram as iscas em três linguagens diferentes: Russo, inglês e claro português. Assim não se sabe se apenas um grupo atuou em todos os sites, e até mesmo se não foi ação de apenas um hacker.

O que sabe é que imediatamente as brechas deixadas pelo governo federal foram bloqueadas e seguras até então, outro fato assustadoramente chocante foi que o governo foi avisado sobre as movimentações estranhas em seu próprio site.

Mais casos

Por ser uma moeda não rastreável o mercado bitcoin atrai muitas pessoas com más intenções.

Recentemente a CDC, Companhia de docas do Ceará e a prefeitura de barrinhas, São Paulo, tiveram os sites igualmente hackeados. Os dois sites também regidos por domínios governamentais.

Porém dessa vez os hackers tomaram posse do site, exigindo o resgate por meio de um pagamento em dinheiro, a moeda escolhida foi o bitcoin.

Portanto a atenção deve ser redobrada em qualquer lugar da internet, seja em sites governamentais ou não.

Enfim ninguém está protegido de sofrer um golpe, a facilidade de ser hackeado se faz presente até em sites que pensamos estar totalmente seguros. Devemos procurar analisar o que vemos e por onde vemos. E assim desconfiar de qualquer proposição que gere um retorno muito fácil, principalmente no mercado bitcoin.

FONTE: Diario Prime

0 0

Deixe uma resposta

Close