Hackers invadem sistema da Companhia Docas e operações portuárias são prejudicadas

Read Time1 Minute, 16 Seconds

Durante a madrugada desta segunda-feira, 28, hackers invadiram o sistema informático da Companhia Docas do Ceará. A administradora do Porto do Mucuripe, em Fortaleza, adverte que o ataque pode gerar lentidão das operações portuárias enquanto o problema não for solucionado.

Segundo a Companhia Docas, “todas as providências já estão sendo tomadas”. Os órgãos de segurança, como Polícia Federal e Receita Federal foram acionados e o Ministério da Infraestrutura está prestando apoio. A expectativa da administradora do porto é retomar a operação administrativa e portuária em sua integralidade.

A presidente da administradora do Porto do Mucuripe, Mayhara Chaves, comenta que a invasão foi identificada por volta das 6 horas, com alterações no sistema. “Imediatamente as equipes internas foram acionadas e conseguimos bloquear as ações da companhia. O que eles fizeram foi criptografar nossas informações”.

Com o ataque hacker, foi necessário iniciar a operação manual para a entrada e saída de caminhões de cargas, as movimentações de cargas, mas o porto não está parado, afirma a presidente. “Estamos detectando a melhor forma de resolver o problema”.

Equipes da Polícia Federal de Brasília devem vir dar apoio às investigações. Medidas cautelares estão sendo tomadas, mas informações comerciais não foram afetadas, já que os contratos são públicos e previamente divulgados, ressalta Mayhara. A normalização da operação deve acontecer até a quarta-feira, 30, estima a administração do porto.

FONTE O Povo

0 0

Deixe uma resposta

Close